;

Notícias

  1. CRO RN
  2. Notícias

Salários iguais para CDs e médicos é a proposta de Joanilson Rêgo

O candidato do PSDC, Joanilson de Paula Rego, defendeu no encontro com a odontologia, realizado na última quinta-feira, dia 18, a equiparação salarial dos cirurgiões-dentistas com os médicos, o aumento de equipes de saúde bucal, a criação de maior número de CEOs (Centros de Especialização Odontológicas) e a fluoretação da água que abastece o município.

No encontro com os CDs, no auditório do CRO-RN, o candidato do PSDC disse que quando secretário de Administração, no governo Cortez Pereira, promoveu a equiparação salarial dos promotores com os juízes. E acrescento que em relação aos dentistas e médicos, ele está numa posição pioneira e justa ao defender a isonomia salarial das duas categorias.

“É impossível na minha concepção, sem demagogia nenhuma, porque talvez isso me faça até perder votos, mas eu acho impossível que um dentista do Estado, eu digo Estado como poder público, não importa a esfera, se municipal, estadual ou federal, perceba diferentemente de um médico”, afirmou Joanilson Rego.

Segundo o candidato, o seu primeiro passado numa elaboração de um plano de cargos, empregos e funções do município, seria no sentido procurar igualar na sua gestão os dentistas aos médicos. “Eu seria leviano se eu disse aqui e agora sem o conhecimento profundo dos recursos e da possibilidade de manejo que eu teria com relação a ele, mas toda a minha política de pessoal seria no sentido de igualar os dentistas aos médicos, pelo menos os do município”. Explicou.

O candidato do PSDC disse que quer ser prefeito de Natal porque a cidade e mesmo o Estado todo estão precisando de mudanças. “Existem sistemas políticos viciados que transformaram a democracia numa verdadeira oligarquia”, disse Joanilson, advogado e professor aposentado. 

“Nós temos senadores, deputados federais com 40 anos de mandatos. Nós temos pessoas vitalícias, quando a democracia se caracteriza pela rotatividade das lideranças, pela circulação das elites, pela alternância do poder”, ressaltou.

Para o candidato, a cristalização do poder gera o vício e o atual sistema político está viciado, por isso ele defende mudanças não só de posturas e métodos, mas também de pessoas que possam assumir a vida pública e dessa forma eliminar os políticos carreiristas e profissionais, que não têm e nunca tiveram nenhuma profissão.

“E que se retire dessas oligarquias o poder e o devolva ao povo. O povo está à espera desse poder, e merece para que ele se autodetermine e se emancipe dessas pseudos-lideranças, porque não são lideranças, são pessoas oligárquicas. E um oligarca não é um líder, um oligarca é quase um déspota”, afirmou o candidato.

Saúde como prioridade

No encontro de quase 1 hora com os representantes da odontologia, Joanilson Rego falou de suas propostas de um modo geral para administrar Natal, dando ênfase à saúde. “ Eu cheguei na minha infância e vi pessoas abençoarem, pais abençoarem filhos dizendo: ‘Deus te dê vida, saúde e felicidade’, então, a saúde é o bem maior”, explicou o candidato do PSDC.

Segundo ele, se todo mundo diz “Deus te dê saúde”, então saúde é o bem maior. “E como eu valorizo demais a saúde completa, inclusive a saúde bucal, aí vem como pré-condição o saneamento, a drenagem, a água e o tratamento dos resíduos sólidos, o popular lixo”, disse Joanilson Rego, que também pretende dar atenção à preservação ambiental, a justiça social e ao crescimento econômico. Mas no entender do candidato, dentro de uma ótica capitalista, não do capitalismo perverso, mas dentro do sistema democrático para fazer justiça social.

O candidato do PSDC também defendeu financiamento público exclusivo para as campanhas políticas, assim como espaços iguais na propaganda eleitoral, possibilitando a disputa em igualdade de condições entre todos os candidatos, dando assim condições para a participação do povo no poder.

Nas propostas da saúde que incluem a saúde bucal, o candidato do PSDC também prometeu melhorar as condições de atendimento do Sistema Único de Saúde (SUS), aumentando o número de CEOs e de equipes de Saúde Bucal no Programa de Saúde da Família, além de laboratórios de próteses.

Outra proposta de Jonilson é implantar o atendimento domiciliar em saúde bucal, independente do SUS, para pacientes com problemas psíquicos e para idosos, com uma unidade móvel. Ele também pretende adicionar fluo na água que abastece Natal e construir nas escolas e creches do município escovodromos (locais para as crianças escovarem os dentes). “Existe países como a Suíça, que a carie é coisa do passado. Se nós fizermos isso, o básico, é uma atitude preventiva de raiz, que evitará muitos desdobramentos no futuro”, disse o candidato.

No encerramento do encontro, o presidente do SOERN (sindicato dos Odontologista do RN), Ivan Tavares de Farias Júnior, e o conselheiro Gláucio de Morais e Silva, representando o presidente do CRO-RN, entregam ao candidato o documento das entidades odontológicas com as propostas e reivindicações da categoria.

Na próxima terça-feira, dia 23, às 11 horas, o candidato Dário Barbosa (PSTU) será o convidado para falar de suas propostas para a saúde bucal. Enquanto que na quinta-feira, dia 25, e na sexta, dia 26, ambos às 11 horas, os candidatos Sandro Pimental (PSOL) e Pedro Quithé (PSL) serão os últimos a serem ouvidos pela odontologia. Nessa série de encontros da categoria odontológica com os candidatos a prefeito a Natal, já estiveram no CRO-RN Micarla de Souza (PV) Fátima Bezerra (PT), Miguel Mossoró (PTC) e Wober Júnior (PPS).

Outras Notícias