;

Notícias

  1. CRO RN
  2. Notícias

CFO integra Comissão Científica do VII Congresso Brasileiro sobre o Uso Racional de Medicamentos

CFO integra Comissão Científica do VII Congresso Brasileiro sobre o Uso Racional de Medicamentos

O Conselho Federal de Odontologia (CFO) integrará, de 10 a 12 de dezembro, em Brasília/DF, a Comissão Científica do VII Congresso Brasileiro sobre o Uso Racional de Medicamentos (CBURM) com o tema “Desafios e perspectivas para o uso racional de medicamentos na prática interprofissional”.

O evento é organizado pelo Ministério da Saúde, por meio do Departamento de Assistência Farmacêutica e Insumos Estratégicos da Secretaria de Ciência, Tecnologia, Inovação e Insumos Estratégicos em Saúde (DAF/SCTIE/MS).

Por entender a importância do tema à saúde da população, como parte da missão precípua da Autarquia, o CFO possui assento permanente no Comitê Nacional para Promoção do Uso Racional de Medicamentos (CPURM), no Ministério da Saúde e desde a primeira edição do Congresso contribui com as iniciativas que abrangem a valorização da Odontologia nacional. Nesta edição, o Congresso reunirá profissionais da saúde, gestores e usuários de medicamentos no Sistema Único de Saúde (SUS).

A programação prevê cursos, oficinas, palestras, mesas redondas, mostras de saúde, arte e cultura e espaço de práticas integrativas e complementares em saúde. As inscrições de trabalho estão abertas e ficam disponíveis até dia 24 de outubro de 2019. As categorias para a submissão de trabalhos são: relato de pesquisa, relatos de práticas nos serviços (clínica e gestão) e outras linguagens. Os apresentadores de trabalho aprovados terão inscrição garantida.

Para o representante do CFO no CPURM, Gláucio de Morais, a participação dos Cirurgiões-Dentistas no evento é fundamental como forma de promover maior segurança à saúde do paciente. “O evento foi elaborado para subsidiar a construção de diretrizes e estratégias para a promoção do uso racional de medicamentos, visando ampliar e qualificar o acesso a medicamentos que atendam aos critérios de qualidade, segurança e eficácia. Os Cirurgiões-Dentistas podem contribuir em diversos eixos nessa construção coletiva, a exemplo da prática profissional que integra a prescrição e a administração; seguimento farmacoterapêutico; eixo do ensino indutor de URM; eixo das políticas públicas que contribuam para desencadear ou ampliar o uso racional de medicamentos”, ressaltou.  

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), entende-se que há uso racional de medicamento quando pacientes recebem medicamentos para suas condições clínicas em doses adequadas às suas necessidades individuais, por um período adequado e ao menor custo para si e para a comunidade. O uso irracional ou inadequado de medicamentos é um dos maiores problemas em nível mundial. A OMS estima que mais da metade de todos os medicamentos são prescritos, dispensados ​​ou vendidos de forma inadequada, e que metade de todos os pacientes não os utiliza corretamente. 

CLIQUE AQUI para conferir todas as informações sobre o VII Congresso.

Por Michelle Calazans, Ascom CFO / Com informações da Ascom CPURM 
imprensa@cfo.org.br

  •  
  •  

Outras Notícias