;

Notícias

  1. CRO RN
  2. Notícias

Inscrições abertas até 31 de julho para o Prêmio Nacional CFO de Saúde Bucal 2019

Inscrições abertas até 31 de julho para o Prêmio Nacional CFO de Saúde Bucal 2019
Inscrições até o dia 31 de julho

O Prêmio Nacional CFO de Saúde Bucal 2019, que substitui o antigo Prêmio Brasil Sorridente, está com novas categorias de concorrência dos municípios brasileiros e as inscrições podem ser feitas até o dia 31 de julho nos Conselhos Regionais de Odontologia (CROs).

O prêmio tem o objetivo de reconhecer e valorizar os municípios brasileiros que se destacaram na implantação e efetivação das políticas públicas de saúde bucal no último ano de 2018.

Os municípios do Rio Grande do Norte que desejam concorrer devem encaminhar um ofício para o CRO-RN com o título “Prêmio Nacional CFO de Saúde Bucal 2019”, conforme prevê a Resolução 205/2019.

A coordenação do prêmio no âmbito do CRO-RN é da Comissão de Políticas Públicas, presidida pela conselheira Jane Nóbrega, que já criou a comissão estadual do prêmio que vai analisar a documentação dos municípios potiguares.

Fazem parte dessa comissão a presidente da Comissão de Políticas Públicas, o conselheiro Gustavo Emiliano, da Comissão de Ética, e a conselheira Cristiane Assunção Mafra, da Comissão de Fiscalização.  

Segundo Jane, o CRO-RN vai encaminhar oficio a todas as secretarias municipais de Saúde para convidar os municípios a participarem dessa premiação, inscrevendo-os.

A solicitação da inscrição deverá ser feita junto com a documentação exigida que comprove as ações do município em prol da saúde bucal.

A primeira colocação das categorias recebe uma cadeira odontológica, com mochos e equipo para acionamento e controle de seringas tríplice, micromotores e turbinas; suctor para coleta de dejetos através de cuspideira/sugadores e refletor odontológico.

Os municípios classificados do segundo ao quinto lugar receberão placas alusivas e os demais inscritos receberão certificado de participação. 

O QUE MUDOU?

Além do nome, o prêmio passou por aperfeiçoamentos em seu edital este ano, aumentando para cinco o número de grupos populacionais. Antes eram três grupos para municípios até 50 mil habitantes, de 50.001 a 300 mil e acima de 300 mil habitantes.

Este ano são cinco grupos das macrorregiões Norte, Nordeste, Centro-Oeste, Sudeste e Sul:

I) municípios com até 20.000 habitantes;

II) municípios entre 20.001 e 50.000 habitantes;

III) municípios entre 50.001 e 100.000 habitantes;

IV) municípios entre 100.001 e 500.000 habitantes;

V) os municípios com mais de 500.000 habitantes – que inclui o Distrito Federal.

COMO OS MUNICÍPIOS SERÃO AVALIADOS?

A avaliação dos municípios inscritos acontece, primeiramente, por uma etapa estadual. Os primeiros lugares serão encaminhados pelos CROs ao CFO para a classificação em nível nacional por meio da Comissão de Políticas Públicas/Prêmio Nacional CFO de Saúde Bucal.

No âmbito nacional, no grupo populacional com até 20.000 habitantes, os municípios serão classificados do primeiro ao quinto lugar por macrorregiões - Norte, Nordeste, Centro-Oeste, Sudeste e Sul. Em cada macrorregião, os municípios concorrerão entre si, mas não concorrerão com outras macrorregiões.

Nos grupos populacionais acima de 20 mil habitantes a concorrência é nacional.

No total serão distribuídos nove prêmios, sendo 5 no primeiro grupo de até 20 mil habitantes (um por região) e mais quatro prêmios nos demais grupos populacionais.

CRITÉRIOS PARA CLASSIFICAÇÃO

Cada município será classificado com os seguintes critérios: financiamento em Saúde, Controle Social, Política Municipal de Saúde Bucal, Assistência Odontológica Básica, Assistência Odontológica Especializada, Promoção de Saúde Bucal, Vigilância em Saúde Bucal, Quadro de Pessoal Odontológico, Remuneração na Atenção Básica e Educação Permanente. 

SOBRE O PRÊMIO

O prêmio foi instituído em 2015 pelo Conselho Federal de Odontologia (CFO) para homenagear, anualmente, os municípios que mais investiram na implantação e efetivação de políticas públicas de saúde bucal. 
Em 2018 não houve o prêmio, que naquele ano foi reformulado por meio da Resolução CFO 191/2018 e passou a se denominar “Prêmio Nacional CFO de Saúde Bucal”.

Neste ano, a premiação está prevista para acontecer no último trimestre e busca ampliar, ainda mais, o número de municípios participantes.

(Com informações do CFO)

Outras Notícias